Cultura?

« A cultura é tudo o que o homem acrescenta à natureza »

Esta é com certeza a frase mais importante para designar ou definir parcialmente o significado de «Cultura».

No entanto, encontramos outros significados para a palavra que igualmente traduzem de uma forma particular este conceito.

Assim, cultura pode ser:

Maneira colectiva de pensar ou sentir;

Conjunto de costumes, instituições e obras que constituem a herança cultural de uma comunidade ou conjunto de comunidades. Esta herança é transmitida por cada um de nós desde o momento da nascença, já que “o homem nasce culturalmente nu”, não trazendo assim nenhuma cultura;

Conjunto de acções do meio, que asseguram a integração do indivíduo, na comunidade. O meio pode ser Físico (tem a ver com a geografia física que condiciona a sociedade e o indivíduo), ou Social (tem a ver com a sociedade e com as suas actividades, que acabam por condicionar positiva ou negativamente os indivíduos);

Conjunto de conhecimentos de alguém;

O mesmo que civilização. Cultura é o somatório de 2 grandes conjuntos ABSTRACTO e CIVILIZAÇÃO“>CONCRETO. Desta feita podemos dizer que existem várias civilizações, no entanto, a cultura é a mesma. Dando um exemplo: a frase “Uma civilização é composta por várias culturas” é o resultado de uma disparidade entre os conceitos “Cultura” – conceito Germano e Francófono – e “Civilização” – conceito de tendência predominantemente Anglo-Saxónica;

Modo de comunicação do saber;

Conjunto de objectos simbólicos que veiculam valores – mitos, modelos do saber.

Todos os pontos enumerados até aqui podem ser resumidos a 3 grupos:

Grupo 1: Cultura em sentido amplo – Resposta que o homem dá à natureza;

Grupo 2: Cultura em sentido restrito – Resposta que determinado grupo dá à natureza -> Etnologia;

Grupo 3: Cultura em sentido altamente limitado – Conhecimento de certas artes -> Eruditas, em oposição às populares.

A cultura, no seu processo de aquisição, é apreendida até ao momento exacto da morte. De facto, tudo o que o homem faz na vida e que lhe não é inato á nascença pode ser considerado como acto de cultura.

A cultura é passada de geração em geração de acordo com um processo designado por: ENCULTURAÇÃO, passando por um outro denominado de SOCIALIZAÇÃO, que é uma constante na vida do homem. Este, ao longo da sua vida, vai fazer parte de um sem número de sociedades: a sociedade do trabalho, da faculdade, dos amigos, da família.

Quando uma sociedade é forçada a mudar de cultura pela força, então, este processo é designado por ACULTURAÇÃO.

E, por último, e como é óbvio, para que se adquira cultura é necessário que exista uma linguagem e um idioma. Surge primeiro o CONCEITO para depois, e só depois, poder surgir a PALAVRA.

Então, a base da Cultura é a PALAVRA e esta é a concretização do Pensamento.

Com estes pressupostos básicos, será que existe uma Cultura Portuguesa? Como apareceu? Como a definimos? E , mais importante já que é o objecto do presente trabalho: Como foi influenciada ou influenciou outras culturas?

Será que a Cultura Portuguesa é tudo o que os portugueses acrescentaram ou deram resposta à natureza?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s