Atenção: há uma nova burla no Gmail

Basta abrir um email falso, aparentemente enviado por um contacto da sua lista, para cair no esquema.

É um novo esquema que já começou a fazer ‘vítimas’. Desta vez, os piratas informáticos arranjaram forma de aceder aos dados pessoais dos portugueses através da plataforma de correio electrónico Gmail. O método usado, esse, é clássico: os burlões ‘pescam’ senhas de acesso e números de cartões de crédito, por exemplo, através da simples abertura de um email enviado por um dos contactos da pessoa lesada.

Visto à lupa: os hackers acedem às palavras passe dos utilizadores através do email da Google; depois, escolhem um contacto da sua lista pessoal e enviam uma mensagem falsa com um anexo. Como o remetente é conhecido, as ‘vítimas’ não desconfiam de nada e, simplesmente, abrem o email.

Ao fazê-lo, são encaminhadas para um falso site de início da sessão do Google, muito semelhante ao oficial, onde lhes é solicitado que coloquem os seus dados sem imaginarem que estão a ser alvo de uma burla. A única forma de distinguir as páginas é através do endereço: no início do URL, lê-se “data:text/html”, o que não acontece na página verdadeira de início de sessão do Gmail.

Os lesados, que “já são muitos”, têm apresentado queixa à secção de crime informático da Polícia Judiciária de Lisboa, que tem vindo a apelar a uma melhor proteção das informações pessoais. “As pessoas têm de se habituar a proteger melhor os seus dados: devem escolher passwords fortes, ter bons antivírus instalados e ainda sistemas operativos atualizados”, aconselhou o coordenador de investigação criminal Carlos Cabreiro.

Aqui »

Anúncios