Dia Internacional dos Museus dedicado este ano à reconciliação

O Dia Internacional dos Museus, celebrado a 18 de maio com entrada livre em museus, palácios e monumentos, vai ser dedicado este ano ao tema das memórias traumáticas e à reconciliação, anunciou o Conselho Internacional de Museus (ICOM).

naom_547f179c5fa1b.jpg
De acordo com o site do ICOM, que define o tema da celebração em cada ano, em 2017 designa-se ‘Museus e histórias contestadas: Dizendo o indizível’.

As instituições museológicas e o público que as visita em todo o mundo serão convidados a participar nos programas com iniciativas centradas na ligação entre memórias traumáticas e reconciliação.

Os museus vão ser encorajados a “desempenhar um papel ativo na abordagem pacífica das histórias traumáticas através da mediação e de múltiplos pontos de vista”, sublinha o ICOM.

Instituído pelo ICOM, o Dia Internacional dos Museus celebra-se a 18 de maio e a Noite dos Museus – que também comemora o património museológico e o papel dos museus na sociedade – a 20 de maio, um sábado.

As celebrações em Portugal são promovidas pela Direção-Geral do Património Cultural, que convida entidades de todo o país a criar os seus programas com iniciativas, muitas delas gratuitas, como visitas guiadas, exposições, ateliês, teatro, palestras, concertos, lançamentos de livros, entre outras.

O ICOM – sigla da designação, em inglês, da organização Internacional Council of Museums – é a maior organização internacional de museus e de profissionais de museus, dedicada à preservação e divulgação do património natural e cultural mundial, tangível e intangível.

Criado em 1946, o ICOM é uma organização não-governamental, que mantém relações formais com a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), e tem estatuto consultivo no Conselho Económico e Social das Nações Unidas.

Atualmente, o ICOM é composto por 119 comissões nacionais, 30 comissões de especialidade e cinco regionais, na qual se insere o ICOM Europa, atualmente presidido pelo português Luís Raposo.

O ICOM-Portugal é presidido por José Alberto Ribeiro.

LUSA

Anúncios